1/2

É HOJE: Barcelona x Bayern opõe Messi e Lewandowski em grande fase


Seria pretensão colocar Messi e Lewandowski na mesma frase? Não nesta temporada. O atacante polonês subiu uma prateleira com seus 53 gols desde agosto do ano passado e é, sim, uma das atrações deste Barcelona x Bayern, os únicos campeões remanescentes na Liga dos Campeões. O jogaço de 10 títulos (cinco de cada) pelas quartas de final acontece nesta sexta-feira no Estádio da Luz, às 16h (de Brasília), em Lisboa. Um empate leva a definição da vaga para a prorrogação.


A notícia de que a Fifa entregará o prêmio de melhor do mundo ainda adiciona um ingrediente importante. Hoje os dois são apontados como candidatos ao lado de Neymar, do Paris Saint-Germain, e Kevin De Bruyne, do Manchester City, e sabem que certamente uma grande atuação num confronto desta magnitude contribuirá positivamente. E vice-versa.

A temporada de Lewandowski é praticamente impecável. O polonês foi artilheiro do Campeonato Alemão (34 gols) e caminha para quebrar um duopólio de 13 anos de Messi e Cristiano Ronaldo na artilharia da Champions. Até hoje Neymar foi o único intruso neste período, mas dividiu o posto com os dois com 10 gols em 2014/15.


Com 13 gols, Lewandowski só perde a artilharia por um milagre: ele tem larga vantagem para Gabriel Jesus, Sterling, Depay e Gnabry, todos com seis gols e ainda vivos no torneio. Mas, como marcou em todos os jogos que disputou nesta Champions, seria mais provável que alcançasse o recorde de Cristiano Ronaldo (17 gols em 2013/14).

Os times


Acima dos personagens do momento há dois times sedentos pela conquista. O Bayern, assim como seu centroavante, faz uma temporada praticamente impecável. Campeão pela última vez em 2012/13, o gigante alemão chegou ao inédito “Final 8” depois de vencer o Chelsea com um placar agregado de 7 a 1 nas oitavas de final, e durante a fase de grupos, conquistou seis vitórias, com destaque para a goleada de 7 a 2 sobre o Tottenham.

Desde que Flick assumiu o time, em novembro, são 30 vitórias, um empate e apenas duas derrotas em 33 jogos, com 104 gols marcados e 24 sofridos.

Hansi Flick terá apenas uma baixa: o lateral-direito Pavard, com lesão no tornozelo. Kimmich deve seguir na lateral, com Thiago e Goretzka formando a dupla de volantes.

No Barça, a sensação é de que precisará de uma atuação sem direito a erros. Os catalães vivem outro momento, especialmente por conta da reta final do Campeonato Espanhol, sem afastar completamente as dúvidas sobre o seu jogo.

Contra o Napoli, Messi foi mais uma vez a força motriz de uma equipe que precisa do título da Champions para não fechar a temporada em branco depois de perder o Espanhol para o Real Madrid e de ser eliminado nas quartas de final da Copa do Rei pelo Athletic Bilbao.


Autor de 31 gols e 25 assistências na temporada, o craque argentino estará disponível para a partida após a pancada no tornozelo que sofreu no sábado e que causou temor de uma lesão grave, depois de passar vários minutos deitado no chão.


A dúvida é se ele terá a companhia de Griezmann no ataque (há a possibilidade de Setién optar por mais um meio-campista com os retornos de Busquets e Vidal de suspensão).


Confira as prováveis escalações:


Barcelona: Ter Stegen, Semedo, Piqué, Lenglet e Alba; Sergi Roberto, De Jong, Busquets e Vidal; Messi e Suárez. Técnico: Quique Setién.


Bayern: Neuer, Kimmich, Boateng, Alaba e Davies; Thiago e Goretzka; Coman, Müller e Gnabry; Lewandowski. Técnico: Hansi Flick.


FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Infoesporte

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster