1/2

​Morre o ex-jogador do Grêmio Jurandir


Morreu nesta quarta-feira o ex-ponteiro esquerdo do Grêmio, Jurandir, de 67 anos, que ficou conhecido como o “homem que parou Falcão”.

O ex-jogador estava internado no hospital Santa Clara, do Complexo da Santa Casa de Porto Alegre, e não resistiu a problemas no fígado. Ainda não há informações sobre as cerimônias fúnebres.

Jurandir iniciou a carreira profissional em 1971 no Esporte Clube Novo Hamburgo, onde ficou por três anos. Em 74, se transferiu para o Caxias.

Quatro anos depois, após se destacar no time da Serra foi contratado pelo Grêmio, onde ficou até 1981. O jogador que, além de ponteiro esquerdo, atuava em várias posições, se destacou ao anular Falcão em um Gre-Nal e ter participação decisiva no clássico que encaminhou o título Gaúcho de 1979.

Em 13 de maio, o técnico Orlando Fantoni escalou Jurandir com a missão específica de marcar Falcão, considerado um dos melhores jogadores da época.

Ele foi implacável anulando o ídolo da torcida vermelha. Três meses depois, Jurandir foi fundamental na vitória no clássico que transformou o Tricolor em virtual campeão. Com menos de 10 minutos a equipe de Fantoni marcou os gols da vitória. Aos sete, após falta cobrada por Éder, Benitz soltou e Jurandir empurrou para o fundo das redes.

Três minutos depois, ele deu passe preciso para Baltazar, que se deslocava dentro da área. O atacante driblou Larri e Mauro Pastor e marcou o segundo. Nos acréscimos do segundo tempo, Chico Spina descontou. Com a vitória, o Tricolor abriu 10 pontos para o Colorado e o título foi confirmado com uma vitória sobre o Brasil de Pelotas, no Olímpico.

Após deixar o Grêmio, Jurandir ainda atuou no América-RJ, Águila (El Salvador), Bahia, Brasil de Pelotas, Gaúcho, Internacional-SC, Avaí, Hercílio Luiz e Bagé.


TROPICAL FM 97.7 - 2020

LESS webmaster