1/2

Chape é recebida com protestos


Torcedores da Chapecoense protestaram contra a má fase do clube no Brasileirão. Na noite deste domingo, os jogadores desembarcaram no aeroporto de Chapecó com gritos e faixas pedindo mais vontade e garra em campo. A equipe voltava de Fortaleza, após a goleada por 4 a 1 sofrida no sábado para o Ceará.

Precavido, o clube acionou a Polícia Militar que garantiu que nenhuma agressão fosse sofrida. O presidente Plinio Filho, o Maninho, também foi alvo da fúria dos torcedores. Eles pedem a saída do dirigente.

Em um dos vídeos que circulam nas redes sociais, o zagueiro Maurício Ramos tenta conversar com a torcida, mas é contido por Alan Ruschel. O ônibus da Chapecoense foi escoltado para evitar problemas no caminho.

Mais cedo, no domingo de manhã, faixas de protesto foram colocadas na Arena Condá, principalmente contra o presidente e contra a ideia da venda de mandos de campo, para equilibrar as contas.

A Chapecoense é apenas a 18ª colocada, com 10 pontos. A última vitória do Verdão foi no dia 26 de maio, contra o Cruzeiro, pela 6ª rodada.

#ESPORTE

TROPICAL FM 97.7 - 2020

LESS webmaster