1/2

Lomba pega pênalti nos acréscimos, e Inter empata em casa com o Fortaleza


O Inter marcou passo na noite deste domingo em seu intento por uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Em casa, empatou em 2 a 2 com o Fortaleza, pela 34ª rodada do Brasileirão. E ainda poderia ser pior, caso Marcelo Lomba não brilhasse ao defender pênalti nos acréscimos. Segue a três pontos do São Paulo, último clube que não precisaria passar pela primeira fase da competição continental do ano que vem. O Leão comemora o ponto somado, que o ajuda na fuga do rebaixamento.

O herói da noite

Marcelo Lomba não teve muita culpa nos dois gols do Fortaleza. Mas foi impecável na cobrança de pênalti de Bruno Melo, já aos 48 do segundo tempo. Teve frieza, mesmo nos acréscimos, para saltar no canto direito e espalmar o chute do zagueiro adversário. Evitou uma derrota que complicaria a vida do time na busca pela vaga direta na Libertadores.

Sem desistir

Não foi por falta de vontade que o Fortaleza deixou o Beira-Rio sem a vitória. Além do belo gol marcado por Osvaldo, com direito a pedalada, o segundo foi na raça. Gabriel Dias não desistiu de uma bola que parecia perdida na lateral e cruzou. Depois de Cuesta e Lomba desviarem na bola, Tinga acompanhou o lance e se impôs a Uendel para enfiar a bola na rede.

Vaias ecoam no Beira-Rio

Apesar do poder de reação ao buscar o resultado duas vezes na partida, o Inter ouviu vaias em muitos momentos. Guilherme Parede ouviu apupos ao entrar em campo no segundo tempo. Mas o maior alvo foi Uendel. Ele falhou duas vezes no segundo gol do Fortaleza, ao abandonar a bola que não saiu na lateral e depois ao deixar Tinga pegar a sobra do rebote de Lomba. Depois do lance, passou a ser visado pela torcida cada vez que tocava na bola. Vale lembrar: ele havia dado o passe para o primeiro gol de Guerrero.

Duas vezes Guerrero

Após cinco jogos de tentativas e desempenho abaixo do esperado, Guerrero voltou a mostrar faro de gol. E como! Primeiro, não vacilou ao receber passe de cabeça de Uendel, aos 42 minutos do primeiro tempo. Também de cabeça, mandou para o fundo da rede. Aos 37 do segundo, novamente usou a cabeça para fuzilar o gol de Felipe Alves após cobrança de escanteio.

Olho na tabela

O Inter se mantém em sétimo lugar, na zona de classificação à primeira fase da Libertadores, com 51 pontos, ainda a três do São Paulo, que fecha o G-6. O Fortaleza fica em 12º, com 43. O Inter volta a campo na quarta-feira, novamente no Beira-Rio, contra o Goiás, às 19h30. O Fortaleza joga na quinta, no Castelão. Recebe o Santos às 20h.


TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster