1/2

Com gol de Cuesta no último minuto, Inter vira sobre o Galo e termina Brasileirão em sétimo


O Inter contou com a ironia do destino para virar sobre o Atlético-MG na tarde deste domingo, no Beira-Rio, na última rodada do Brasileirão. O zagueiro Cuesta, que já brincava por não ter feito gols em toda temporada, marcou aos 52 do segundo tempo e garantiu o 2 a 1 ao Colorado. Antes disso, Otero abriu o placar no começo da partida e Guerrero empatou aos 36 da etapa final.

Boca santa

Em entrevista coletiva cinco dias atrás, o zagueiro Cuesta brincou com a situação de não ter marcados gols na temporada. E disse mais. Praticamente garantiu que encerraria 2019 sem balançar as redes. Mas o destino gosta de pregar peças. Aos 52 minutos do segundo tempo, ele foi para a área do Atlético em cobrança de falta de D’Alessandro e cabeceou para o fundo da rede de Victor. Recebeu o abraço de todos os companheiros, entre muitas risadas.

Victor x Guerrero

O duelo da tarde deste domingo teve nome. Ou melhor. Dois nomes. O goleiro Victor e o centroavante Guerrero fizeram um confronto de ataque contra defesa no Beira-Rio. O arqueiro, que não atuava desde julho, levava a melhor até os 36 minutos do segundo tempo, com direito a milagres diante das finalizações em profusão do peruano. Só que quem é matador não perde a confiança. Em rebote da defesa do Galo, o atacante colorado conseguiu finalizar sem chance para Victor e empatar a partida.

Gol solitário

O Atlético pouco assustou os gaúchos. Mas saiu na frente logo aos cinco minutos, com Otero. O zagueiro Bruno Fuchs saiu jogando errado, a bola caiu nos pés de Di Santo, que deu belo passe para o venezuelano. Otero ainda deu um corte seco em Heitor antes de deslocar Marcelo Lomba.

Como ficou

Sem efeitos práticos na tabela, o Inter passa o Corinthians e encerra o Campeonato Brasileiro na sétima posição, com 57 pontos. Tem a vaga assegurada na fase prévia da Libertadores. O Atlético cai para 13º, com 48, e vai para a Copa Sul-Americana.


TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster