1/2

Presidente do Grêmio admite saídas de André e Diego Tardelli


A avaliação do Grêmio é que não há mais "ambiente" para a permanência dos atacantes André e Diego Tardelli para 2020. Em entrevista à Rádio Gaúcha na noite desta quinta-feira, o presidente Romildo Bolzan Júnior admitiu a saída da dupla, principalmente pela hostilidade por parte dos torcedores nas redes sociais.

O mandatário deu início ao assunto a partir da possibilidade do volante Rômulo ficar em Porto Alegre, até pela falta de peças no elenco para a posição. Só que Bolzan discursou contra críticas "desumanas" a jogadores de futebol na internet.

Além de Rômulo, André e Tardelli se encaixam no perfil de reclamações dos gremistas, o que impede qualquer situação de permanência do trio.

– É praticamente desumano o que acontece com o jogador (Rômulo). É uma pessoa fantástica. As redes sociais não têm o direito de destruir reputações, carreiras e trazem um ambiente totalmente indigno. Não vejo situação de permanência do Rômulo justamente por essas reações – afirmou.

Romildo prosseguiu ao falar sobre André:

– Todo discurso que valeu pelo Rômulo, vale para o André. Ele também tem que dar um passo na carreira, e não é mais aqui. Não tem mais ambiente de trabalho. Pode fazer uma temporada boa, mas a partir da segunda, terceira partida que não fizer, vai acontecer isso. Não podemos deixar que o jogador passe o ano inteiro aqui sangrando, com dificuldade de desempenhar.

O caso de Tardelli se assemelha mas conta com uma questão importante: já houve consultas de clubes para contratar o camisa 9. Ele e André possuem contrato em vigor com o Grêmio. Portanto, os times interessados precisariam compor o negócio, com a compra definitiva, empréstimo e até troca. Porém, não há propostas oficiais, conforme Bolzan.

– Tardelli tem uma situação muito parecida e manifestou o interesse de sair. Não é uma situação nova para nós, mas claramente foi manifestada. A gente já se prepara para não tê-lo no mesmo sistema de todos os outros (Rômulo e André). Não tem proposta, mas tem consultas. As soluções serão encontradas a partir do que vier – agregou o presidente.

Com o martelo batido sobre a renovação do técnico Renato Gaúcho, o Tricolor deve ter novas decisões de chegadas e saídas nos próximos dias. Romildo Bolzan assegurou novas contratações até o fim do ano. O nome que mais se aproxima no momento é o lateral-esquerdo Caio Henrique, do Fluminense, que agora teria recebido oferta do Valencia, da Espanha.

Além de Rômulo, Tardelli e André, os laterais Léo Moura, Galhardo e Madson se despediram do clube. Este último foi envolvido em troca com o Santos que propiciou o reforço de Victor Ferraz, o primeiro gremista para 2020.

#ESPORTE

TROPICAL FM 97.7 - 2020

LESS webmaster