1/2

Projeto Unidade Móvel SESC é inaugurado em Planalto Alegre, confira.


Nesta segunda-feira (10) foi realizada no município de Planalto Alegre, em consórcio com os municípios de São Carlos, Nova Itaberaba e Caxambu do Sul, a cerimônia de instalação da Unidade Móvel SESC Saúde da Mulher, que ficará em frente ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). A cerimônia contou com a presença dos seguintes representantes: autoridades de todos os municípios envolvidos, conforme imagens abaixo.

O Programa de Saúde do SESC contempla ações de promoção, proteção, recuperação e manutenção da saúde da população. A diretriz básica do SESC é a de um trabalho eminentemente educativo, que permeia direta ou indiretamente, todas as atividades e serviços desenvolvidos. Entre os temas abordados estão os direitos sexuais e reprodutivos, diversidade sexual, planejamento familiar, prevenção à violência doméstica e a mortalidade materna. Sua realização se dá a partir de parcerias locais, onde é identificada a demanda de cada comunidade e as temáticas a serem abordadas.

O SESC Saúde da Mulher é composto por uma Unidade Móvel, que realiza exames para prevenção do Câncer de Mama (para mulheres com idade entre 50 e 69 anos) e Colo do útero (para mulheres com idade entre 25 e 64 anos), além de ações educativas para a promoção da saúde. O atendimento é gratuito e para realizar qualquer um dos exames é necessário procurar a UBS do município, com uma cópia da carteira de identidade, do comprovante de residência e o cartão do SUS.

A estrutura interna do caminhão está dividida em: Um consultório para realização de exames de mamografia com mamógrafo digital, sala para a realização do exame citopatológico, com mesa ginecológica, banheiro e tenda externa para ações educativas com recepção e sala de espera.

Os exames agendados previamente na UBS serão feitos por uma enfermeira, uma educadora de saúde e por duas técnicas de radiologia. Aqui no município, o projeto vai atender até o dia 10 de abril, de segunda a sexta-feira e a previsão é de que sejam realizadas no mínimo 1.100 mamografias, 1.100 exames Papanicolau, além de 2.000 atendimentos em educação em saúde.

#JORNALISMO

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster