1/2

Inter aguarda avaliação para definir estratégia, mas deve ter titulares no Gre-Nal


O Inter vive uma encruzilhada com decisões por dois caminhos diferentes que pretende trilhar em 2020. O Colorado tem pela frente um Gre-Nal no sábado, às 16h30, no Beira-Rio, pela semifinal do primeiro turno do Gauchão, e o jogo de ida com o Tolima por uma vaga na fase de grupos da Libertadores já em seguida. E Eduardo Coudet deve usar o que tem de melhor em ambos.

A quinta-feira será decisiva para decidir a estratégia adotada para o clássico e para o duelo na Colômbia. Dois dias após a vitória sobre a Universidad de Chile, os titulares passarão por avaliações físicas e clínicas para saber se há necessidade de preservações contra o maior rival.

Atletas mais desgastados podem ganhar um "descanso forçado" para evitar riscos de lesões graves. A utilização de um time totalmente reserva está descartada.

Isso, mesmo que a vaga na fase de grupos da Libertadores seja a prioridade máxima do primeiro semestre. O Gauchão também ganha peso no planejamento colorado para encerrar a seca de três anos sem títulos no estadual.

O provável Inter para o Gre-Nal

Marcelo Lomba; Rodinei, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Moisés; Musto, Edenílson, Rodrigo Lindoso e Boschilia; D'Alessandro e Guerrero

A única confirmação até o momento é a ausência de Patrick. O volante sofreu uma lesão muscular na parede abdominal e será baixa por ao menos três semanas. Gabriel Boschilia passa a ser o favorito para assumir a vaga no meio-campo.

De volta da seleção olímpica, Bruno Fuchs "reforça" o leque de opções de Eduardo Coudet. A tendência, porém, é de que Rodrigo Moledo seja o titular ao lado de Víctor Cuesta na zaga.

O elenco colorado volta a treinar na tarde desta quinta-feira. O Gre-Nal da semifinal do primeiro turno está marcado para as 16h30 deste sábado, no Beira-Rio. Depois, o Inter tem pela frente o Tolima na Colômbia pelo jogo de ida da terceira fase da Libertadores.


TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster