1/2

Ministério Público pede US$ 300 milhões de indenização em acidente da Chapecoense


O Ministério Público Federal ajuizou uma ação com pedido de indenização para os familiares das vítimas do acidente aéreo da Chapecoense, ocorrido em novembro de 2016, e que deixou 71 vítimas fatais, além de seis sobreviventes. O valor pedido pelo órgão é de US$ 300 milhões, conforme revelou o Procurador Geral, Carlos Prola Júnior, em audiência da CPIChape, no Senado.

Segundo o procurador, as informações colhidas pelos familiares das vítimas ajudou dar entrada na ação, já que as vítimas são protegidas pelo Código de Defesa do Consumidor. De acordo com os documentos obtidos e apresentados em audiências do Senado, o seguro da aeronave da LaMia, empresa que realizou o voo, caiu de US$ 300 milhões para US$ 25 milhões no ano do acidente.

Além disso, Prola Júnior demonstrou indignação com o acordo oferecido aos familiares das vítimas a título de ajuda humanitária no valor de US$ 225 mil por família. Segundo ele, o termo contém clausulas abusivas que obrigam abrir mão de direitos indenizatórios.


TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster