1/2

Após eliminar rival no Gauchão, Renato revela torcida pelo Inter na Libertadores


A rivalidade Gre-Nal existe, mas apenas durante os 90 minutos. Pelo menos para Renato Gaúcho. Depois de eliminar o Inter na semifinal do primeiro turno do Gauchão, o técnico do Grêmio torce para o rival superar o Tolima e entrar no Grupo E da Libertadores, o mesmo do Tricolor.

Entre as marcas de Renato estão as provocações e frases de efeito. Só que após a vitória por 1 a 0 no clássico 423 adotou um tom conciliador.

Para o maior ídolo da história tricolor, o Inter na fase de grupos fortalece o futebol gaúcho. E será um incremento a mais na rivalidade. Afinal, a temporada pode chegar a 13 Gre-Nais. Tanto que Renato, que teve uma conversa animada com D'Alessandro no intervalo, revelou a conversa com os comandados de Eduardo Coudet.

"Inter é grande, Grêmio é grande. Que venha o Inter. Não tem essa de torcer contra, isso fica para a torcida, que tem a rivalidade. Eu tenho que pensar o melhor para o Grêmio, que é fazer uma viagem a menos" disse Renato Gaúcho.

Agora o Inter precisa fazer sua parte. Nesta quarta, o time colorado busca a retomada. A partir das 21h30, o Colorado enfrenta o Tolima em Ibagué, e o jogo de volta será no dia 26 de fevereiro no Beira-Rio. Assegurado na fase de grupos, o Grêmio só inicia a luta pelo tetracampeonato continental no dia 3 de março, quando pega o América de Cáli, na Colômbia.


TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster