1/2

Sob vaias, Chape empata em casa contra o Criciúma e segue sem vencer


Em um jogo de poucas chances perigosas e muito nervosismo, Chapecoense e Criciúma empataram em 1 a 1 neste sábado (15) na Arena Condá, no Oeste. O resultado saiu com gosto amargo para os dois lados: para o Criciúma, que saiu na frente e sofreu o empate, e para a Chapecoense que segue sem vencer no Campeonato Catarinense e amarga a vice-lanterna da competição.

A situação complicada que vive a Chape interferiu na partida. Demonstrando nervosismo, os jogadores perderam boas oportunidades, erraram muitos passes e fizeram faltas que deixaram o jogo parado.

O meia Yann Rolim e o atacante Ari Moura foram os mais criticados pela torcida, que ao fim da partida também cobrou o treinador Hemerson Maria.

O placar da Arena Condá só se mexeu no segundo tempo. O Criciúma saiu na frente com Carlos César. O gol do Verdão do Oeste foi marcado por Foguinho, de 19 anos, que havia sido destaque da Chape na

Copa São Paulo, entrou em campo no começo do segundo tempo e salvou o time da casa.

E agora

O resultado não mexeu muito na tabela. A Chapecoense continua na vice-lanterna, com três pontos e apenas dois gols marcados em seis jogos — o pior ataque do campeonato —, e ainda corre o risco de ser ultrapassada pelo Concórdia neste domingo.

Do outro lado, o Criciúma foi a 9 pontos e empatou na quarta posição com o Joinville, que encara o Avaí neste domingo.

Agenda

Na próxima rodada o Criciúma recebe o Brusque no Heriberto Hülse, às 18h30min de domingo (01). A Chapecoense viaja até Florianópolis para enfrentar o Figueirense, às 16h de domingo no Orlando Scarpelli.


TROPICAL FM 97.7 - 2020

LESS webmaster