1/2

Athletico sai na frente, mas fica com um a menos e toma o empate do River no fim


O Athletico empatou com o River Plate na noite desta terça-feira, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. A partida na Arena da Baixada foi um exemplo de estratégia atleticana, que entendeu que não poderia ser superior em campo, sobretudo com oito desfalques por Covid-19 na véspera do jogo. Autuori ensinou bem o "saber sofrer" durante o primeiro tempo, com a pressão do River Plate, mas que tinha pouco efetividade na hora da finalização, principalmente pela excelente atuação da defesa do Furacão.


O segundo tempo foi a hora do bote. As mudanças no intervalo funcionaram, quando Bissoli recebeu na entrada da área, girou e chutou para o gol. Só que aquilo que parecia o momento de calmaria se tornou em pura emoção: Reinaldo tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso. O Athletico com um a menos em campo, mas com Thiago Heleno jogando por toda a defesa, e o River Plate tentando por todos os lados, Gallardo empilhando atacantes até que o empate veio, com Paulo Diaz, já aos 45 minutos de jogo, mas que não tirou o brilho e a superação atleticana.


Estreia com segurança


O Athletico perdeu o seu goleiro titular Santos e o reserva Jandrei - ambos com Covid-19 - para o jogo, e a pressão de enfrentar o River Plate na Libertadores ficou para o jovem Bento, que fez seu primeiro jogo como profissional. Seu desempenho foi preciso nos momentos que foi acionado, soube jogar com o time, não foi cobrado por nenhuma finalização e não teve culpa no gol de Díaz. Tudo certo para o garoto


Como fica


O jogo de volta será na terça que vem, às 19h15, no Estádio Libertadores da América, casa do Independiente, em Avellaneda. O gol fora é critério de desempate. Com isso, 0 a 0 dá River. Empate por dois ou mais gols (2 a 2, 3 a 3...) dá Athletico. E 1 a 1 leva para os pênaltis. E quem vencer, claro, avança



FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Staff images/Conmebol)

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster