1/2

Brasil tem 3,6 milhões de pedidos de seguro-desemprego



Os trabalhadores brasileiros realizaram 3.648.762 pedidos de seguro-desemprego até primeira quinzena de junho, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (25), pelo Ministério da Economia.


O número representa um aumento de 14,2% no volume de solicitações em relação ao mesmo período do ano passado (3.194.122) e confirmam o impacto da pandemia do novo coronavírus no mercado de trabalho nacional.


No acumulado do ano, a maioria dos pedidos (52,2%) foram solicitados virtualmente (1.903.921), representando um aumento de 4.000% no modelo de solicitação na comparação com o mesmo período do ano passado, quando apenas 46.371 pedidos foram feitos pela internet. Somente na primeira quinzena de junho, o número de pedidos de seguro-desemprego saltou 35% ante igual período de 2019 e alcançou 351.315 solicitações totais.


Do total de requerimentos solicitados nos primeiros 15 dias de junho, 250.880 (71,4%) foram realizados pela internet. Os três Estados com maior número de pedidos foram São Paulo (109.278), Minas Gerais (37.130) e Rio de Janeiro (28.507).


Diante do aumento dos pedidos, o Ministério da Economia afirma que as Superintendências Regionais do Trabalho ampliaram o atendimento não presencial aos cidadãos durante o período da pandemia.


Fonte/foto: Portal R7

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster