1/2

Bruno Silva rescinde com o Galo e volta á Chape


O Atlético-MG rescindiu o contrato de empréstimo que tinha com o atacante Bruno Silva, da Chapecoense. O vínculo tinha validade até o fim de 2020. Com isso, o jogador de 20 anos retorna ao clube catarinense. Pelo Galo, foram cinco jogos e um gol.

Apesar de ter liberado Bruno Silva, o Galo manteve as condições que estavam estabelecidas para a compra do jogador. O clube mineiro já tem 10% dos direitos econômicos - adquiridos no início do ano - e tem preferência de compra de mais 50%, por aproximadamente R$ 2,5 milhões, com prazo para exercê-la até o fim do Campeonato Brasileiro, em janeiro de 2021.


Na Chape, Bruno Silva volta a trabalhar com o vice-presidente de futebol, Mano Dal Piva, que era coordenador da base quando o jovem desembarcou na Arena Condá. O setor ofensivo era uma das carências do clube, que anunciou recentemente as chegadas de Thiago Ribeiro e Felipe Garcia.


No Galo, o jovem jogador chegou a ser cotado como opção para o comando de ataque, antes de se machucar, no fim de janeiro. Durante a pandemia, porém, o Atlético contratou Marrony, que chegou com status de titular na posição. Recentemente, buscou ainda Eduardo Sasha, que assumiu uma vaga entre os 11. O garoto ficou ainda mais sem espaço, e o retorno à Chapecoense foi confirmado. A rescisão com o Galo, inclusive, já foi protocolada na CBF.


FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Sirli Freitas / Chapecoense

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster