1/2

Cada vez mais perto do acesso, Chape recebe o Náutico nesta quarta na Arena Condá



Chapecoense e Náutico se enfrentam na noite desta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), na Arena Condá, em jogo válido pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.


Há dez rodadas consecutivas na liderança da Série B, a Chapecoense tenta vencer pela terceira vez seguida e, assim, igualar sua melhor sequência na competição. A única vez que o time de Umberto Louzer teve três triunfos consecutivos foi contra Sampaio Corrêa (1 a 0), Cruzeiro (1 a 0) e Guarani. Com 57 pontos, o Verdão do Oeste vem de vitórias sobre Avaí (2 a 0) e CRB (3 a 2).


O Náutico está em situação oposta. É o 18º colocado, com 28 pontos (menos da metade da Chapecoense) e precisa do resultado não para se consolidar na parte de cima, mas para iniciar uma recuperação que lhe tire da zona de rebaixamento. O Timbu vem de empate (1 a 1) contra o Botafogo-SP, fora de casa.


CHAPECOENSE


Ausências na rodada passada em razão de suspensão, o lateral-esquerdo Alan Ruschel e o atacante Paulinho Moccelin retornam ao time titular. Busanello, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, abre a vaga para a volta de Ruschel na lateral esquerda. No ataque, Louzer tem a possibilidade de manter Mike, que atuou bem diante de Avaí e CRB, e sacar Aylon ou Denner para a entrada de Moccelin.


Escalação: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Derlan e Alan Ruschel; Willian Oliveira, Ronei e Denner (Aylon); Paulinho Moccelin, Mike e Anselmo Ramon.


Quem está fora: Busanello (suspenso); Anderson Leite, Ezequiel, Luiz Otávio, Tharlis, Thiago Ribeiro e Tiepo (lesionados); Alan Santos (desconforto); Felipe Garcia (vetado pelo DM); Evandro e Fernandinho (transição).


Pendurados: Anselmo Ramon, Derlan, Evandro, João Ricardo, Luiz Otávio, Roberto, Umberto Louzer (técnico) e Vini Locatelli.


NÁUTICO


Ainda sem Kieza, o técnico Hélio dos Anjos terá outros dois desfalques no ataque. Os pontas Bryan e Vinícius, titulares contra o Botafogo-SP, estão suspensos, obrigando o treinador a mexer no setor. Dadá Belmonte e Erick são os favoritos para entrar.


Além disso, o Timbu não deverá ter nenhuma mudança, salvo algum problema de última hora. A interrogação, se é que se pode chamar assim, fica por conta de Rhaldney. O volante foi substiuído no intervalo da última partida, ainda com mobilidade comprometida por conta de dores na região lombar das costas. Mas a tendência é que, recuperado, continue no time.


Escalação: Anderson; Hereda, Camutanga, Ronaldo Alves e Kevyn; Djavan, Rhaldney e Jean Carlos; Erick, Dadá Belmonte e Paiva.


Quem está fora: Kieza, Matheus Carvalho e Álvaro (lesão); Bryan e Vinícius (suspensão)

Pendurados: Kevyn, Matheus Trindade, Paiva, Rafael Ribeiro, Ronaldo Alves, Jefferson, Erick e Hereda


ARBITRAGEM


Daniel Nobre Bins apita a partida. Ele será auxiliado por Lucio Beiersdorf Flor e Fabricio Lima Baseggio. O trio é do Rio Grande do Sul. A Série B não tem VAR.



FONTE: Globoesporte.com

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster