1/2

Chapecó anuncia fechamento e cidades próximas podem seguir


Em um vídeo divulgado na noite desta segunda-feira (22) pelo prefeito João Rodrigues, que está em Brasília, Chapecó terá fechamento de serviços não essenciais. O município também terá um toque de recolher, a partir das 21h de todos os dias.


As novas determinações passam a valer a partir da 0h00 desta terça-feira (23) até o domingo (28).


As medidas deverão ser seguidas por municípios próximos, como Caxambu do Sul, onde o prefeito Glauber Burtet, já confirmou que seguirá medidas de Chapecó em decreto a ser publicado nesta terça-feira. O prefeito de São Carlos Rudi Sander confirmou a participação em uma reunião já nas próximas horas para anunciar definições.


Segundo o prefeito João Rodrigues, a partir das 21h da terça-feira, nenhuma pessoa poderá circular nas ruas de Chapecó, exceto quem esteja indo à farmácia comprar um medicamento ou quem retorna do trabalho.


João Rodrigues informou que igrejas, restaurantes, bares, lanchonetes e similares seguem com as atividades suspensas, até às 23h59 do próximo domingo (28).


O transporte coletivo e os supermercados, considerados atividades essenciais continuarão abertos. Segundo João, o transporte coletivo irá manter 50 % de ocupação em todos os ônibus e eles serão fiscalizados pela Guarda Municipal.


Já os supermercados, poderão atender, porém, com 30% da capacidade de ocupação dentro de cada estabelecimento comercial. João Rodrigues informou que será feito uma vigilância permanentemente nos locais.


Outra medida anunciada pelo prefeito João Rodrigues foi que todo cidadão de Chapecó, que positivou para a Covid-19, será monitorado pela prefeitura. Conforme João, aquele que for flagrado nas ruas da cidade responderá criminalmente.



Tropical FM com informações de ClicRDC


TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster