1/2

Chapecó não terá fechamento de comércio




O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, em coletiva de atualização, destacou as medidas colocadas em prática para evitar a disseminação do novo coronavírus.




Entre elas, a instituição do cartão social Vale Cidadão, o fechamento dos restaurantes populares, a rede de ensino sem aulas, fechamentos de áreas públicas, além da medida extrema de multar para quem não utilizar máscaras ao sair na rua em R$ 216.


Buligon anunciou nesta segunda-feira (11) um novo serviço: um local para pessoas que não conseguem ficar em isolamento seguro, inclusive dentro de casa. Um hotel foi alugado e dará estadia pelo período de quarentena (14 dias) à essas pessoas, com três refeições diárias.


Sobre a recomendação do Estado, de fechar o comércio não essencial por 14 dias, o prefeito Luciano Buligon afirmou que não será necessário, pois o índice de ocupação em leitos de UTI está abaixo dos 10% e em leitos de enfermaria, abaixo de 30%.


Fonte: Rádio Chapecó

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster