1/2

Chapecó: Ordem de serviço para obra de abastecimento de água

Para resolver o problema de abastecimento de água em Chapecó e municípios vizinhos, especialmente em períodos de estiagem, o governador Carlos Moisés entregou, por intermédio da Casan, a ordem de serviço que autoriza o início da construção da macroadutora do Rio Chapecozinho. O investimento total na obra será de R$ 195,7 milhões, com recursos do Estado. É a maior obra de sistema de abastecimento de água em Santa Catarina.

O ato ocorreu em Chapecó na tarde desta quinta-feira, 3, quando ainda foram anunciados investimentos para Infraestrutura, Saúde e Segurança Pública.


A macroadutora beneficiará diretamente os cerca de 350 mil habitantes dos municípios de Chapecó, Xaxim, Xanxerê e Cordilheira Alta, transportando água bruta do Rio Chapecozinho por uma rede cuja extensão é de 58 quilômetros.


No trajeto, serão construídos reservatórios, estações de recalque (bombeamento) e de tratamento de água. A previsão de conclusão da obra é de três anos, quando o sistema estará apto a captar, tratar e distribuir 1,2 mil litros de água por segundo.


Outro importante anúncio feito pelo governador foi a construção do prédio para abrigar o Serviços de Verificação de Óbito (SVO) para Macrorregião de Chapecó.


Carlos Moisés assinou ainda a ordem de serviço para contratação de serviço de engenharia para adequação e reforma do prédio do Instituto Médico Legal de Concórdia. O investimento será de R$ 295.762,56.



Fonte/foto: Rádio Chapecó

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster