1/2

Chegou a hora! Hoje tem Palmeiras e River


Chegou a hora. Palmeiras e River Plate definem nesta terça-feira, a partir das 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque, o primeiro finalista da Copa Libertadores da América de 2020.


O Palmeiras entra em campo com uma enorme vantagem, depois de ter vencido o confronto de ida na Argentina por 3 a 0. Até uma derrota por dois gols de diferença em casa assegura o time de Abel Ferreira na decisão da Copa Libertadores.


Ao River, só resta golear. A equipe argentina vive situação dramática e precisa de uma vitória por quatro gols para avançar. O time de Marcelo Gallardo também pode avançar com um triunfo por três gols de diferença, desde que balance pelo menos quatro vezes as redes defendidas por Weverton.


Campeão da edição de 1999 da Libertadores, o Palmeiras luta para ir à quinta final na história e vive ótimo momento. São quatro partidas sem sofrer gols e com vitórias consecutivas; neste período Abel Ferreira rodou mais o elenco e descansou peças importantes como Viña, Gómez e Luiz Adriano para o duelo de terça.


Palmeiras – técnico: Abel Ferreira

O Palmeiras de Abel Ferreira entra em situação confortável e leve por uma sequência de quatro vitórias na temporada. No último fim de semana, o treinador português ainda conseguiu descansar peças fundamentais da equipe, como o zagueiro e capitão Gustavo Gómez, o lateral-esquerdo Matías Viña e o centroavante Luiz Adriano.


Porém, o duelo contra o Sport acabou custando a presença de Gabriel Veron. O atacante sofreu com uma lesão na coxa esquerda e fica fora. É o segundo problema muscular diferente do jovem em pouco mais de duas semanas.


PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Gabriel Menino e Zé Rafael; Gustavo Scarpa, Rony e Luiz Adriano.


River Plate – técnico: Marcelo Gallardo

Abalado por duas derrotas consecutivas, que complicaram a vida na Libertadores e decretaram a eliminação na Copa Maradona, o River Plate vive uma crise de identidade. As críticas sobre a equipe de Marcelo Gallardo subiram de tom, e o treinador precisou até reclamar publicamente dos questionamentos sobre a equipe campeã da Libertadores em 2018.


Para o compromisso desta terça-feira, o treinador não conta com o colombiano Carrascal, suspenso após ter sido expulso no jogo de ida. Sem o meia-atacante, o River pode ir a campo diferente, com mais um defensor a fim de liberar os laterais e surpreender o Palmeiras de Abel Ferreira, que vive situação confortável no confronto.


RIVER PLATE: Armani; Montiel, Rojas, Díaz, Pinola e Angileri; Nacho Fernández, Enzo Pérez e De La Cruz; Borré e Suárez.


Fonte: globoesporte.globo.com

Arte: minhatorcida.com.br

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster