1/2

City volta a vencer Real e vai às quartas


A missão era complicada. Mas fica ainda mais difícil quando seu zagueiro não tem um bom dia. Com duas falhas de Varane, o Real Madrid não suportou. O Manchester City voltou a vencer o gigante espanhol por 2 a 1, agora na Inglaterra, e avançou às quartas de final da Liga dos Campeões. Em um confronto recheado de craques, coube a Gabriel Jesus decidir. Com um gol e uma assistência, ele brilhou novamente e ajudou a impor a primeira eliminação da carreira de técnico de Zidane em um mata-mata do torneio.

Sem o capitão Sergio Ramos, suspenso, o Real Madrid teve a defesa como seu ponto fraco. Mas não pelo substituto do ídolo. Militão foi seguro. A equipe de Zidane sofreu na saída de bola, e a pressão do City no campo de ataque foi decisiva. Os donos da casa abriram o placar aos oito minutos da primeira etapa, depois que Gabriel Jesus roubou bola de Varane na esquerda e serviu Sterling, que empurrou para o gol.


Os merengues reagiram e se mantiveram no jogo. Começaram a ocupar mais o campo de ataque e, aos 27 minutos, Rodrygo fez boa jogada na direita e cruzou na medida para a cabeçada de Benzema: 1 a 1. Mas foi só. O Real Madrid foi pouco agressivo e deu espaços no meio para De Bruyne criar. Na segunda etapa, Courtois foi destaque. O segundo gol do City saiu de outra falha de Varane. Aos 23, o francês recuou na fogueira para o goleiro belga, Gabriel Jesus se antecipou e liquidou o confronto: 2 a 1.


Gabriel Jesus foi o nome dos dois jogos. No Bernabéu, fez um gol e sofreu o pênalti do outro. Em Manchester, deu uma assistência e marcou outro gol. E se destacou com obediência tática, roubadas de bola e boas decisões no ataque. Ele chegou aos 23 gols e 10 assistências na temporada. É artilheiro do City na Liga dos Campeões, com seis gols ao lado de Sterling. É o segundo jogador da história a marcar nos dois confrontos contra o Real em um mata-mata de Champions. Antes, só Van Nistelrooy pelo United, em 2003. E chegou aos 14 em sua carreira no torneio, ao lado de Ronaldo Fenômeno e Adriano Imperador.


O City carimba o passaporte para Portugal e fará o "Final 8" em Lisboa. O adversário das quartas de final será o Lyon, que perdeu por 2 a 1 para a Juventus, mas avançou com o gol marcado fora de casa. A partida será no próximo dia 15, no José Alvalade, na capital portuguesa. Todos os jogos da reta final da Champions serão sem torcida e em confrontos únicos.


FONTE: Globoesporte.com

Foto: Nick Potts/Reuters

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster