1/2

Com calendário apertado, Liga Nordeste aguarda posição da CBF sobre torneio


Há dois meses paralisada, por conta da Covid-19, e sem qualquer previsão de retorno, a Copa do Nordeste vive dias de incerteza com relação ao calendário para a conclusão da competição. Precisando de cinco datas para finalizar o torneio, o presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha, deixou o futuro da disputa a cargo da CBF, organizadora oficial do evento.

Considerando apenas as competições chanceladas pela CBF, serão necessárias 38 datas para as realizações das Séries A e B, além de 11 para a Copa do Brasil e mais cinco para Copa do Nordeste. Cenário que fez com que Eduardo reconhecesse as dificuldades de encaixar todo o calendário ainda em 2020.

Apesar da incerteza, Eduardo acredita que a Copa do Nordeste não corre risco de ser dada por encerrada. Na avaliação dele, o torneio precisa ser finalizado em campo.


FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Luciano Marcos/ABC

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster