1/2

Com protocolo rígido, Copa Truck reinicia automobilismo no Brasil


Depois de ter todos os eventos suspensos após o fim de semana de 15 de março, o automobilismo brasileiro voltará à ativa neste fim de semana, informa o GloboEsporte.com em primeira mão. Com rígido protocolo de segurança sanitária e arquibancadas fechadas, a Copa Truck começará sua temporada 2020 com uma rodada dupla em Cascavel. O evento será feito para a televisão: sábado, às 16h (de Brasília), e domingo, às 13h, com transmissão do SporTV 2.


O fim de semana terá um formato especial de copa, resolvida em apenas um fim de semana, com duas corridas de 40 minutos + 1 volta (normalmente, as provas da Truck têm 25 min de duração). Os três primeiros colocados na soma de pontos das duas corridas estarão garantidos na superfinal, no fim do ano. As redes sociais da categoria realizarão várias lives mostrando o cumprimento dos protocolos, além de uma apresentação virtual dos pilotos no domingo pela manhã. O grid terá a participação de 20 caminhões na etapa de abertura.


Um rígido protocolo de segurança e higiene foi firmado com Prefeitura de Cascavel, a Vigilância Sanitária e a Secretaria de Saúde. O número de profissionais distribuídos pelos 11 mil m² da área de boxes foi limitado. Além disso, o acesso destas pessoas ao autódromo só será permitido com a apresentação de identificação pessoal e do exame RT-PCR (que terá que estar negativo para COVID-19). Os profissionais vindos de fora (pilotos e equipes) deverão apresentar o exame antes de partirem para Cascavel. Já os profissionais contratados localmente também terão de fazer o teste para entrada no local. Além disso, será feita aferição de temperatura na barreira sanitária que será instalada na porta do autódromo. Todos deverão utilizar os equipamentos de proteção individual (EPIs): máscara facial eface shield.


As equipes serão monitoradas e orientadas por fiscais nos dois dias das corridas nas dependências do autódromo. Todas as atividades exigirão distanciamento social mínimo dentro dos boxes e as reuniões serão por videoconferências. Haverá limpeza constante dos ambientes e distribuição de álcool em gel em todas as áreas, assim como a orientação para o não-compartilhamento de ferramentas e consultoria constante aos presentes - equipes, organização, cronometragem, resgate, sinalização, direção de provas, comissários, médicos, limpeza, segurança e brigadistas. A maior parte dessas equipes será composta por pessoas locais, para evitar deslocamentos desnecessários.


FONTE: Globoesporte.com

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster