1/2

Covid-19: Casos confirmados chegam a 14 em SC


O número de casos confirmados de coronavírus em Santa Catarina dobrou em relação à última atualização, chegando a 14 nesta quarta-feira (18). De acordo com o Ministério da Saúde, há 346 casos suspeitos e 47 foram descartados. Entre os pacientes com Covid-19, somente um está internado.


O Sul catarinense está com transmissão comunitária do vírus, ou seja, não sendo possível identificar a origem do contágio, o que levou o estado a decretar situação de emergência.


Os casos suspeitos estão em todas as regiões do estado, informou o governo. Já os pacientes com coronavírus foram diagnosticados em Florianópolis (5 casos), Balneário Camboriú (2), Rancho Queimado (2), Braço do Norte (2), Tubarão (2) e Joinville (1 caso). Quatro casos são de contágio comunitário.


Em Florianópolis, o quarto caso confirmado é de uma mulher de 45 anos que viajou recentemente para França, Itália e Portugal, informou a prefeitura. Ela está em isolamento domiciliar e com quadro leve da doença.


O quinto caso confirmado de Florianópolis é de um homem de 39 anos que chegou recentemente de uma viagem de São Paulo. Ele está internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em um hospital particular da capital, conforme a prefeitura.


Os números atualizados em Santa Catarina foram anunciados em entrevista coletiva nesta quarta com o governador Carlos Moisés, e os secretários de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, da Infraestrutura, Thiago Vieira, e o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública, delegado Paulo Koerich.


Sobre o decreto de emergência, a administração estadual disse que os cidadãos ainda estão em fase de adaptação às medidas de restrição e voltou a reafirmar a importância desse tipo de atitude no estágio atual da pandemia.


O estado reforçou que, apesar das restrições impostas pelo decreto, não há necessidade da população fazer estoques de remédios e alimentos, já que farmácias, supermercados e centros de distribuição funcionam normalmente, não havendo risco de desabastecimento nas cidades. E ressaltou que é preciso evitar aglomerações para evitar a propagação da Covid-19.


Fonte/foto: G1/SC

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster