1/2

Covid-19: Sem plano de vacina, SC seguirá governo federal


A Secretaria de Saúde de Santa Catarina não tem planos próprios para aplicar a vacina contra a Covid-19 na população. O governo catarinense afirmou que planeja seguir o cronograma estabelecido pelo governo federal. No momento, a pasta prepara a logística, mapeia os locais de vacinação e estuda como irá refrigerar os imunizantes.


Signatária do Plano Nacional de Imunização (PNI), Santa Catarina aguarda o Ministério da Saúde definir quais vacinas serão disponibilizadas para a população. Essa escolha depende também da chancela da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e prioridades para imunização no Brasil.


Enquanto isso, outras regiões do país e do mundo avançam na busca pela vacina. No Reino Unido, moradores começaram a receber doses nesta terça-feira (8). Já no Brasil, São Paulo e Espírito Santo, por exemplo, apresentaram planos próprios de vacinação.


Nesta segunda-feira, o governo federal informou que deve assinar nesta semana o memorando de intenção para a compra de 70 milhões de doses da vacina produzida pela Pfizer e pela Biontech contra a Covid-19. Segundo a nota, as negociações "avançam" e o imunizante deve ser fornecido em 2021. A data e distribuição por estados, contudo, não foram especificadas.


Até então, o governo federal havia anunciado somente uma parceria para pesquisa e produção nacional da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, do Reino Unido, e a farmacêutica AstraZeneca.




Fonte: G1/SC

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster