1/2

Galo precisa de um empate para conquistar o seu 45º título



Dia de conhecer o campeão! De um lado, o Tombense mira a primeira conquista de sua história. Do outro, o Atlético-MG busca erguer a taça pela 45ª vez. O duelo decisivo entre interior e capital começa às 16h (de Brasília) no Mineirão.

Na primeira partida, o Galo venceu o Gavião Carcará por 2 a 1, assegurando a vantagem do empate para ser o campeão neste domingo. O Tombense precisa de uma vitória simples para levar o troféu para Tombos.

De olho no VAR


Assim como no jogo de ida, a finalíssima terá o VAR, o chamado árbitro de vídeo. A presença da tecnologia na fase decisiva estava prevista em regulamento e é um dos motivos de o Tombense mandar a partida contra o Atlético no Mineirão. Apenas os estádios de Belo Horizonte foram homologados a receber jogos com o VAR.

TOMBENSE

A derrota de virada no último minuto da primeira partida foi bastante lamentada no Tombense, não apenas pelo time ter saído na frente na decisão, mas pelo fato da equipe estar fazendo uma boa atuação no Mineirão. Com a necessidade de vitória para ser campeão, o técnico Eugênio Souza teve três dias para pensar no que fará para o jogo de volta contra o Atlético-MG.


Escalação: Felipe Garcia; João Paulo, Matheus Lopes, Admilton e David (Da Silva); Rodrigo, Ibson e Marquinhos; Gabriel Lima (Serginho), Cássio Ortega (Rubens).

Quem está fora: David tem dores musculares na coxa direita nas últimas semanas e segue sendo acompanhado pelo departamento médico.

ATLÉTICO-MG

Apesar de ter a vantagem do empate, o Galo vai entrar em campo buscando mais uma vitória e o domínio do jogo, característica marcante de Sampaoli. Por isso, é pouco provável que o treinador poupe muitos titulares. Entre os jogadores de linha, quem vem em maior sequência é Junior Alonso, titular em todos os 10 jogos pós-parada, mas ele tem, até aqui, resistido ao "rodízio" do argentino.


Pensando no setor ofensivo, Sampaoli deve voltar a usar uma formação mais convencional, com três meias e três atacantes. No primeiro jogo, usou dois meias e quatro atacantes, mas o esquema não funcionou e foi modificado durante a partida. Marquinhos, destaque na última quarta-feira, pode ganhar vaga entre os titulares.

Escalação: Rafael; Guilherme Arana, Junior Alonso, Réver e Guga; Allan, Hyoran e Jair; Keno, Marquinhos (Savarinho) e Eduardo Sasha (Marrony).

Quem está fora: Nathan e Diego Tardelli (no departamento médico); Cazares (fora dos planos).

ARBITRAGEM

Ronei Cândido Alves apita, auxiliado por Marcos Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira. Wanderson Alves de Souza será o árbitro de vídeo (VAR). A função de quarto árbitro estará a cargo de Paulo César Zanovelli da Silva. Todos de Minas Gerais.


FONTE: Globoesporte.com

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster