1/2

Governo de SC finaliza cartilha com recomendações sanitárias para volta do futebol profissional


O Governo de Santa Catarina, através do COES (Centro de Operações em Emergência em Saúde), finalizou a cartilha com recomendações sanitárias voltada ao futebol profissional. O material, enviado aos clubes, não trata de data para retomada dos jogos, mas ratifica que os mesmos serão sem a presença de torcida.


No momento, permanece em vigor é o decreto de 1º de junho, em que o Governo de SC manteve suspensas até 5 de julho as atividades da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e eventos esportivos privados, incluindo o Campeonato Catarinense.


A cartilha "orienta empreendedores, colaboradores, autoridades de saúde e população quanto às medidas para práticas de proteção adequadas ao enfrentamento da disseminação da Covid-19". Além, claro, de recomendações para que os clubes se adaptem diante do cenário atual. Algumas delas, abaixo:


Medidas gerais

Utilizar máscaras por todas as pessoas durante todo o período de deslocamento para o estádio, hotel e paradas obrigatórias;


As viagens de ônibus devem ser exclusivas para os jogadores e staff do jogo. Cada jogador que viaje no ônibus, deve se sentar sozinho em poltrona dupla e utilizando uma máscara por todo o trajeto. Evitar conversas entre o grupo;


Suspender a roda pré e pós jogo de confraternização e aquecimento;


Suspender o cumprimento físico inicial e final entre jogadores e com a equipe de arbitragem;


Suspender o acompanhamento dos jogadores por crianças;


Aos colaboradores

Nos jogos, todas as pessoas que adentrarem o gamado devem ter sua temperatura monitorada (termografia ou termômetro digital de infravermelho, se houver suspeita ou sintoma sugestivo para a Covid-19, a pessoa deve ser afastada imediatamente e encaminhado para avaliação;


Cada atleta trará sua garrafa de água com identificação, para evitar a troca ou compartilhamento;


O trabalhador com resultado positivo ou sintomático leve deve manter isolamento domiciliar por 14 dias do início dos sintomas, podendo retornar às atividades posteriormente desde que esteja assintomático por, no mínimo, 72 horas; ou após avaliação clínica;


Aos empreendedores

Evitar o acesso da imprensa, exceto cinegrafistas das emissoras detentoras das transmissões. Todos passarão pelo mesmo processo de monitoramento de temperatura;


Realizar as coletivas pós-jogo sem a presença de jornalistas. Serão conduzidas e coordenadas pelo assessor de imprensa de cada clube;


Às autoridades de fiscalização, o Governo de SC recomenda "evitar que aconteçam as aglomerações nas proximidades do estádio ou nos arredores, assim como o deslocamento de torcedores das equipes".


Treinos presenciais

O Brusque foi o primeiro clube catarinense a retomar as atividades em campo após a liberação do Governo. A reapresentação do elenco quadricolor ocorreu no dia 14 de maio, quase dois meses depois da paralisação do estadual. Figueirense, Avaí, Juventus, Joinville e Chapecoense também já retornaram aos trabalhos. Até o momento, Concórdia, Criciúma, Marcílio Dias e Tubarão mantêm a quarentena.

Os duelos

O estadual foi paralisado em 16 de março, um dia após o fim da primeira fase. A disputa prevê quartas de final, semifinal e final, além de duas partidas que definirão o time rebaixado à Série B de 2021. Ou seja, serão ainda 16 jogos, precisando de seis datas para a conclusão.


O Avaí terminou a primeira fase na liderança, seguido de Brusque, Figueirense, Marcílio Dias, Criciúma, Juventus, Joinville, Chapecoense, Concórdia e Tubarão – os dois últimos disputam o mata-mata do rebaixamento. Confira abaixo os duelos das quartas de final:


Avaí x Chapecoense

Brusque x Joinville

Figueirense x Juventus

Marcílio Dias x Criciúma


FONTE: Globoesporte.com

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster