1/2

Grêmio conquista o tricampeonato do Gauchão


O Grêmio é tricampeão do Gauchão! Na gélida tarde deste domingo, o Tricolor perdeu por 2 a 1 para o Caxias, mas saiu com a taça por ter vencido por 2 a 0 no Centenário no jogo de ida, na última quarta-feira. Diego Souza marcou o gol tricolor, logo aos 13 minutos de jogo, ao pegar o rebote do chute de Everton. Ainda no primeiro tempo, Laércio empatou aos 41, ao completar de cabeça o cruzamento de Ivan. Na etapa final, Bruninho chutou cruzado, a bola desviou em Kannemann e surpreendeu Vanderlei aos nove. O Caxias tentou o terceiro, que levaria aos pênaltis, mas não teve força. O título é tricolor, o 39º nos estaduais


O Grêmio entrou em campo disposto a administrar a vantagem construída no Centenário. A seu estilo, trocava passes no campo de ataque à espera do espaço para o chute. Não demorou a abrir o placar. Aos 13, Everton acertou a trave. O rebote ficou com Diego Souza. O goleador não desperdiçou. A taça estava cada vez mais perto. O Tricolor manteve a calma. Jean Pyerre quase ampliou, mas o chute foi para fora. Aos poucos, o Caxias começou a equilibrar a partida. Campanholo teve a chance de igualar, mas errou o alvo aos 26. Aos 41, os visitantes deixaram tudo igual. Ivan cruzou na cabeça de Laércio, que mandou para o fundo das redes.


O Caxias voltou do intervalo para tentar reverter o placar. Aos nove, Bruninho chutou cruzado na área. Kannemann, que tentava cortar, desviou e tirou as chances de defesa de Vanderlei. Cinco minutos depois, Isaque aproveitou cochilo da defesa do Caxias e chutou, mas desperdiçou. O lance, no entanto, foi isolado. O Grêmio ficou atordoado. Não conseguia sair do campo de defesa e abusava dos passes errados. Os visitantes, por sua vez, jogavam no campo de ataque e giravam de um lado para o outro. Não adiantou e a taça ficou com o Grêmio.


Diego Souza mostrou a razão de ser o artilheiro do Gauchão. Ao voltar, não perdoou. Pegou o rebote do chute de Everton e garantiu o estadual, ao balançar as redes, aos 13 minutos de jogo. Foi o nono gol na competição do matador.


O time de Rafael Lacerda mostrou sua força. Afinal, apesar do vice, venceu o Grêmio em três dos quatro confrontos no Gauchão.


O maior ídolo da história gremista aumenta o legado. Chegou ao sétimo título como treinador do clube. Renato tem uma Libertadores, uma Copa do Brasil, uma Recopa, três Gauchões e uma Recopa Gaúcha.


Fonte: globoesporte.globo.com Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster