1/2

Justiça aceita pedido de Sindiclubes, suspende jogo entre Palmeiras e Flamengo


O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro determinou a suspensão da partida entre Palmeiras e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, marcada para as 16h (de Brasília) deste domingo, em São Paulo. O órgão acatou o pedido do Sindeclubes, o sindicato dos funcionários de clubes no estado, que entrou com uma ação civil pública, assinada pelo advogado Henrique Fragoso, na sexta-feira.

O pedido de adiamento da partida até que os empregados do clube carioca cumprissem quarentena foi justificado com a possibilidade de contágio. A decisão é assinada pelo juiz do trabalho Filipe Olmo. A multa para descumprimento da decisão foi estabelecida em R$ 2 milhões.


No documento, o sindicato alega que 21 profissionais estão escalados pelo clube para o jogo e vê "risco elevado de contágio", uma vez que muitos deles estiveram no Equador, quando houve um surto de contaminação de coronavírus na delegação rubro-negra.


O Sindeclubes é presidido por José Pinheiro dos Santos, que é funcionário da segurança do Flamengo. Segundo ele, o pedido para que fosse feita a ação partiu de empregados rubro-negros, preocupados com a realização da partida.


O Flamengo, por sua vez, entrou com um pedido de revisão da decisão do STJD, que na sexta-feira indeferiu a solicitação rubro-negra de adiar o jogo. Ainda não houve nova resposta do tribunal.


Confira a relação completa de contaminados:


Jogadores

Noga, Pepê, Rodrigo Muniz, Gabriel Batista, Isla,Matheuzinho, Rodrigo Caio, Léo Pereira, Thuler, Gustavo Henrique, Renê, Filipe Luís, Willian Arão, Gomes, Diego, Everton Ribeiro, Vitinho, Bruno Henrique, Michael


Delegação

Rodolfo Landim (presidente), Marcos Braz (vice de futebol), BAP (vice de relações externas), Domènec Torrent (treinador),, Marcio Tanure (médico), Juan (diretor), Marcio Santos (supervisor), Eduardo Calçada (fisioterapeuta), Douglas Oliveira (nutricionista), Cadu Furtado (analista de desempenho), Vinícius Castro (assessor de imprensa), Marcelo Flaeschen (assessor de imprensa), Alex Silva (enfermeiro), Rodrigo Ernesto (Offside logística), Edvard Souza (Offside logística), Dekko Roisman (conselho do futebol), Diogo Lemos (conselho do futebol)


Foto: EFE/Marcos Pin Fonte: globoesporte.globo.com

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster