1/2

Napoli esfria negócio após conversa com Cebolinha


O Grêmio entende que a venda de algum jogador pode salvar as contas do clube em 2020, mergulhado na crise em decorrência do novo coronavírus. E tem Everton Cebolinha como o principal nome do elenco, seja em campo, com gols, ou no mercado, para gerar receita. No entanto, depois do primeiro contato entre Napoli e jogador, as negociações entre as duas partes esfriaram.

Liberados pelo Tricolor, os italianos abriram as conversas com o atacante para tratar de uma possível proposta. Houve a apresentação de números para o gremista, que analisou-os e, depois de algum tempo, informou as pretensões salariais.

O Tricolor detém 50% dos direitos de Everton e trata com os investidores parceiros para tentar um percentual maior da possível venda. Mas tudo depende de uma oferta oficial na mesa do presidente Romildo Bolzan Júnior. O atacante, em entrevista divulgada pelo clube gaúcho, se esquivou sobre o futuro.

O Napoli estaria disposto a uma oferta de 25 milhões de euros (R$ 148 milhões) por Everton, com cláusulas variáveis para chegar até os 30 milhões pretendidos pelo Tricolor (R$ 179 milhões).

A provável abertura da janela de transferências na Itália foi empurrada para setembro. O que diminui a pressa por reforços do Napoli. Afinal, novos jogadores só podem ser incorporados daqui três meses.

O Everton, da Inglaterra, e o Borussia Dortmund, da Alemanha, também já manifestaram interesse no camisa 11 do Grêmio em 2020, sem proposta. Por sua vez, o jogador não quer resolver seu futuro imediatamente para ouvir mais interessados.


O contrato de Everton, renovado recentemente, vai até o final de 2023, com multa de 120 milhões de euros (R$ 711 milhões)


FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Lucas Uebel/Grêmio

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster