1/2

Presidente do Grêmio cogita declarar Caxias campeão do Gauchão


Diante das incertezas sobre a volta do Gauchão, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., já cogita, em um cenário sem liberações para treinamentos coletivos e jogos no Rio Grande do Sul, a possibilidade de o campeonato ser encerrado e o Caxias ser declarado campeão gaúcho. O dirigente diz torcer pela retomada da competição, mas cita o conflito de datas com o Brasileirão como justificativa para um possível encerramento precoce.

Em reunião dos clubes com a CBF, ficou marcado o dia 9 de agosto como data para retomada do Brasileirão. Se o Gauchão fosse retomado no dia 19 de julho, algo descartado no momento, as finais bateriam com as primeiras rodadas do Brasileirão.


Soma-se a isso as restrições das autoridades estaduais para treinos coletivos, o que fez o Grêmio decidir trabalhar em Criciúma na próxima semana. Por isso, o presidente gremista enxerga um cenário de cancelamento do Gauchão ao conceder entrevista para as mídias oficiais do clube.

O Grêmio passou a tratar da mudança de sede a partir da declaração do governador Eduardo Leite de que o futebol "não é prioridade" diante do combate ao coronavírus no Rio Grande do Sul. Logo depois, os integrantes do Conselho de Administração decidiram pela saída do estado para realizar treinos coletivos.


FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Lucas Uebel / DVG / Grêmio

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster