1/2

Reta final da Champions só com jogos de ida e em uma única cidade ganha força


Perto de decidir o futuro da Liga dos Campeões 2019/20, em reunião na próxima semana, a Uefa estaria inclinada a fazer todos os jogos restantes em apenas uma sede. A informação é do jornal "Marca", que afirma que a possibilidade de fazer um super-torneio ganhou força entre os dirigentes do Comitê Executivo, que deve bater o martelo sobre o torneio em encontro marcado para a próxima quarta-feira.


A intenção inicial da Uefa era realizar os jogos restantes da atual Champions em agosto, mantendo o formato original, com jogos de ida e volta nas quartas de final, semifinais e final. Isso faria com que a decisão pudesse ser disputada no fim daquele mês, em Istambul. Entretanto, o jornal frisa que os dirigentes consideraram que este plano poderia trazer muitos riscos para as equipes pelas quantidades de viagens.

Desta forma, este formato - que agradava os detentores de direitos de transmissão - começou a perder força entre os dirigentes, e começou a ser contemplada a possibilidade de que cada eliminatória fosse realizada em apenas um jogo, em sede neutra. E, afirma o "Marca", o comitê executivo pensa em ir além e fazer esta fórmula reduzida em apenas uma sede.


Desta forma, se reduziriam os riscos envolvendo viagens dos jogadores e ainda viabilizaria que a Champions fosse resolvida em cerca de 11 dias - desafogando o tempo de descanso entre o fim da temporada 2019/20 e o início da 2020/21. A fase final poderia ser disputada de 12 a 23 de agosto, segundo o diário.


Uma questão que ainda estaria em aberto seria a cidade escolhida para fazer esta super competição. O palco original da final 2019/20 seria Istambul - e as autoridades turcas vêm mantendo o discurso público de ter certeza que a decisão ocorrerá no país. O jornal cita que o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, deseja dar prioridade à capital da Turquia. Entretanto, Lisboa e Munique, que surgiram como alternativas para uma final, também poderiam ser opções para toda a reta decisiva.


A final da Liga dos Campeões 2019/20 estava originalmente marcada para o dia 30 de maio, no Estádio Ataturk, em Istambul. A pandemia do novo coronavírus, entretanto, interrompeu a competição no meio das oitavas de final, com quatro confrontos a serem resolvidos. A Uefa decidiu dar prioridade para as ligas nacionais serem concluídas entre junho e julho, deixando seus torneios europeus para agosto.

Já estão classificados para as quartas de final PSG, Atalanta, Atlético de Madrid e RB Leizpig. Restam ser decididos os duelos Manchester City x Real Madrid, Bayern de Munique x Chelsea, Juventus x Lyon e Barcelona x Leipzig.

FONTE: Globoesporte.com

TROPICAL FM 97.7 - 2020

LESS webmaster