1/2

Revogado decreto sobre privatização de postos e SUS


O presidente Jair Bolsonaro revogou nesta quarta-feira (28) o decreto que autorizava o Ministério da Economia a realizar estudos sobre a inclusão das Unidades Básicas de Saúde (UBS) dentro do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI).


A revogação foi publicada em uma edição extra do "Diário Oficial da União". Antes, Bolsonaro anunciou a decisão em uma rede social. O documento repercutiu e foi alvo de inúmeras manifestações de entidades e especialistas na área.


O decreto incluía uma 'porta de entrada' do SUS, as unidades básicas de saúde, na mira do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República, um programa de concessões e privatizações do governo.


Na prática, o decreto que abria caminho para a privatização do SUS previa estudos de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de unidades básicas de saúde.



Fonte: G1/Gov.br

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster