1/2

São Carlos/Águas de Chapecó: Violência Doméstica é pauta



Em entrevista a Tropical FM na manhã desta segunda-feira (24) participou SD Ana Paula da Polícia Militar - Grupamento de São Carlos/Águas de Chapecó (foto).


OUÇA A ENTREVISTA AQUI.


Em pauta a Violência Doméstica, Agosto Lilás e o 2º Café com Elas, que integra o Projeto Mulheres de Direito.

Inicialmente Ana falou sobre a violência doméstica em âmbito dos dois municípios, que em comparação ao ano passado, triplicou o número de ocorrências passando de 11 para 30 em seis meses. A Policial falou sobre a busca de libertação das vítimas, em meio a este tipo de violência. Ela ainda alerta para o problema cultural e o julgamento pelo qual a mulher passa na sociedade.

Sobre o projeto Mulher de Direitos, Ana Paula destacou o início do projeto em 2019 e deu ênfase a realização do 2º Café com Elas, ocorrido na semana passada. Primeiro ela explica o programa e seus objetivos.

Já sobre o Agosto Lilás, Ana Paula explicou o período que foi promulgada a Lei Maria da Penha que completa 14 anos em 2020, seus objetivos, além de enfatizar o apoio dado e as ações desenvolvidas por meio do Agosto Lilás já destacados em 2019, e que neste ano ficou comprometido devido a pandemia.

Em relação a medidas protetivas, a PM Ana Paula alertou para as 22 medidas existentes em São Carlos e Águas de Chapecó atualmente. Inclusive ela explicou o que é a medida que também envolve o agressor, através de encontros e orientações que integram o projeto.

Por fim, Ana Paula explicou o procedimento para solicitação da Medida Protetiva, que é solicitado através da Polícia Civil. Ela detalhou o passo a passo, além de lembrar que a violência não se resume a esposa, ex-esposa, namorada ou ex-namorada, mas sim para crianças, idosas, além de outros tipos de violência em questão como psicológica, financeiras, verbal e sexual.

Ainda nesta manhã, após entrevista, uma vítima procurou a Polícia Militar para denunciar a ocorrência de violência doméstica. As denúncias podem ser feitas pelos fones 190, 181 e 180.


Tropical FM/EC / Foto: Daiane Gerhardt

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster