1/2

São Carlos: Secretário avalia ano conturbado na Educação


Em entrevista a Tropical FM na manhã desta quinta-feira (17) participou o Secretário de Municipal de Educação de São Carlos, professor Sadi Baron (foto). Em pauta, avaliação dos trabalhos e atividades do ano atípico a frente da pasta.


OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA AQUI.


Inicialmente ele falou do ano atípico, com aulas remotas, com experiência diferenciada, mas que também serviu de exemplo no Estado. Ele destaca a surpresa da paralização das aulas em 19 de março.


O Secretário falou da plataforma via AMOSC, sendo São Carlos, um dos primeiros municípios a efetivar a experiência, o qual forçou a inovação por parte de pais, professores e alunos. Sadi também detalhou alguns projetos, que foram eventos antes presenciais, e que neste ano foram de forma online.


Os Planos de Contingências (PlanCon) também foram lembrados pelo gestor educacional. Este documento norteia o retorno em cada unidade escolar, e neste sentido confirmou aulas presenciais para dia 18 de fevereiro de 2021, independente da bandeira, já que a Educação foi transformada em atividade essencial.


Sobre processo seletivo e professores, ele explicou a orientação de que o processo de escolha de 2020, valesse para 2021, pelo entendimento, que um novo processo de provas ocasionará aglomeração.


Por fim, o Secretário ainda finalizou lembrando da sua jornada na pasta ao longo da atual gestão que se encerra no próximo dia 31. Dos secretários municipais, Sadi é o único do atual governo, a se manter, sem ter se afastado e saído antes do período.


Na reportagem desta manhã, ainda foram citados assuntos como as quatro etapas de merenda entregues ao longo do ano, as dificuldades no acesso virtual as aulas por parte de alguns alunos no início do trabalho com plataformas, e a preocupação com alunos que em qualquer situação apresentam uma maior dificuldade no entendimento ao conteúdo.



Tropical FM/EC / Foto: Daiane Gerhardt

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster