1/2

Santa Catarina: 5ª maior renda domiciliar per capita do país



Com rendimento mensal domiciliar per capita de R$ 1.769,45, Santa Catarina teve a quinta maior renda entre as 27 unidades da federação em 2019. O dado foi divulgado nesta sexta-feira, 28, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e faz parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad Contínua).


Sem considerar os efeitos da inflação, o estado teve um aumento de 6,5% na renda domiciliar per capita na comparação com 2018, quando a média foi R$ 1.660. O valor e o aumento estão acima da média nacional, que com crescimento de 4,8% chegou a R$ 1.439 em 2019.


O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, destaca que isso é reflexo das ações governamentais para potencializar o desenvolvimento de Santa Catarina.



No Brasil, média de 12 Estados está abaixo do salário mínimo


De acordo com o levantamento divulgado pelo IBGE, 12 estados tiveram a renda domiciliar per capita inferior ao salário mínimo vigente em 2019, de R$998.


Santa Catarina ocupa o ranking dos cinco estados com maior rendimento junto com Distrito Federal (R$ 2.685,76), São Paulo (R$ 1.945,73), Rio de Janeiro (R$ 1.881,57) e Rio Grande do Sul (R$ 1.842,98).



Como é feito o cálculo


O rendimento domiciliar per capita é a razão entre o total dos rendimentos domiciliares nominais dividido pelo total de moradores. A divulgação atende ao disposto na Lei Complementar 143/2013, que estabelece os novos critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE). Em consequência atende também aos compromissos assumidos quanto à definição dos valores a serem enviados ao Tribunal de Contas da União (TCU).


Renda domiciliar per capita de SC nos últimos anos

2014 - R$ 1.245

2015 - R$1.368

2016 - R$1.458

2017 - R$1.597

2018 - R$1.660

2019 - R$ 1.769


Fonte: ASCOM / Foto: Cristiano Estrela/ Arquivo Secom

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster