1/2

SC: Governador retorna anunciando plano e nomeações



O governador Carlos Moisés apresentou um plano de investimentos estratégicos para Santa Catarina em sua volta ao cargo, após a absolvição no processo de impeachment sobre a equiparação salarial dos procuradores do Estado.


O programa Santa Catarina. Um Estado de Verdade prevê quase R$ 10 bilhões até 2022 nas áreas de infraestrutura, retomada da economia e planejamento hídrico.


Segundo o chefe do Executivo, trata-se de um projeto com visão de futuro, pensado as necessidades do Estado no ano de 2035. Serão investimentos em todas as regiões de Santa Catarina. Na infraestrutura, o valor chega a R$ 5,5 bilhões. Para a retomada da economia, serão empregados R$ 2,3 bilhões. No planejamento hídrico, o aporte será de R$ 1,7 bilhão.


Em relação ao planejamento hídrico, além das ações de curto prazo para o combate da estiagem, estão previstas soluções de longo prazo, em especial na região Oeste. O investimento em infraestrutura tem como principal missão melhorar a situação da malha rodoviária e aeroviária de Santa Catarina. Na questão da retomada da economia, o intuito é gerar crédito mais abundante para as empresas que sofreram com os impactos da pandemia de Covid-19.


Em coletiva de imprensa no fim da tarde, o governador Carlos Moisés afirmou aos jornalistas que o julgamento do Tribunal de Impeachment desta sexta, com um placar de 6 a 3 e uma abstenção, restabeleceu a Justiça.


Além de anunciar um plano de investimentos em seu retorno ao cargo após a absolvição pelo Tribunal do Impeachment, o governador Carlos Moisés divulgou mudanças no primeiro escalão de Governo. São novos nomes para a Casa Civil, a Secretaria Executiva de Comunicação e a Procuradoria-Geral do Estado.


Na Casa Civil, Eron Giordani será o novo chefe. Ele já atuou como secretário da Casa Civil nas prefeituras de Chapecó e Florianópolis, além de ter participado do Conselho de Administração da Celesc. Nos últimos dois anos, atuou na chefia de gabinete da presidência da Assembleia Legislativa (Alesc).


O governador destacou a capacidade de diálogo do novo chefe da Casa Civil com os parlamentares.


Na Secretaria Executiva de Comunicação, assume o jornalista Jefferson Douglas. Ele já atuou em vários veículos de comunicação do Estado, foi coordenador de imprensa do Governo do Estado em 2019 e atuava mais recentemente na assessoria do BRDE.


Por fim, foi anunciado o retorno de Alisson de Bom de Souza ao cargo de procurador-geral do Estado. Funcionário de carreira da instituição, ele já havia comandado a pasta, que cuida dos interesses jurídicos do Estado, na maior parte do ano de 2020.



Fonte/foto: SECOM/SC

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster