1/2

SC: Iniciada distribuição de calcário para as lavouras


Produtores rurais de Santa Catarina já podem solicitar as autorizações na Epagri, para retirada do Programa Terra Boa, no Troca-Troca de calcário para este ano de 2021. O programa conta com o apoio do Governo do Estado para aumentar a produtividade das lavouras.


A distribuição começou ontem e estará disponível a distribuição de 300 mil toneladas de calcário que deverão ser usados para correção de solo e incremento da produção agrícola. O investimento só neste programa é de R$ 23,6 milhões deve atender mais de 15 mil produtores rurais no estado.


A distribuição de calcário é uma das linhas de apoio do Programa Terra Boa. Cada agricultor poderá retirar até 30 toneladas do produto. Ao todo, serão 300 mil toneladas divididas em duas modalidades: via cooperativa ou direto das minas.


Se o agricultor optar por retirar o calcário nas cooperativas, ele devolverá em milho no valor no próximo ano com o resultado da colheita parte dos custos do calcário. Caso opte por retirar nas empresas mineradoras, o produto é gratuito e o produtor arca com o valor do frete.

Segundo o pesquisador da Estação Experimental da Epagri de Ituporanga, Claudinei Kurtz, “de um modo geral os solos catarinenses são ácidos e o calcário tem grande importância para neutralizar essa acidez, aumentando a disponibilidade e a absorção de nutrientes.

Os produtores rurais interessados em participar e que sejam integrantes do grupo do Pronaf devem procurar a Epagri do seu município.


Em 2021, serão investidos R$ 56,5 milhões para apoiar a aquisição de sementes de milho, calcário e kits para melhoria de pastagens e do solo, além do incentivo à apicultura e à meliponicultura.


O Terra Boa irá incentivar a aquisição de 200 mil sacas de milho; 300 mil toneladas de calcário; 3 mil kits forrageira; 500 kits apicultura e mil kits solo saudável. O Programa terá R$ 5 milhões a mais de recursos e o Governo do Estado pretende ampliar o número de beneficiários. No último ano, foram mais de 70 mil famílias rurais atendidas.


Um dos grandes objetivos do Terra Boa é incentivar a produção de milho em Santa Catarina. Segundo o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, a intenção é diminuir as importações do grão e fortalecer ainda mais o agronegócio catarinense.


O Terra Boa é resultado de um convênio firmado entre a Secretaria da Agricultura e a Fecoagro.





Fonte/foto: Fecoagro

TROPICAL FM 97.7 - LESS.webmaster