1/2

Seis clubes descumprem leis ao não publicar demonstrações financeiras de 2019

Apesar de o prazo legal ter terminado em 30 de abril, quinta-feira passada, seis clubes do Campeonato Brasileiro não publicaram suas demonstrações financeiras referentes a 2019. Os respectivos dirigentes ferem duas leis diferentes – Lei Pelé e Profut – e ameaçam as entidades a sofrer punições. Também se sujeitam a sanções pessoalmente.


Entre integrantes da primeira divisão nacional em 2019, os quatro rebaixados aparecem na lista dos que não apresentaram seus balanços.


- Atlético-MG

- Avaí

- Chapecoense

- Corinthians

- Cruzeiro

- CSA


Não por acaso. A preparação das demonstrações financeiras depende da organização interna, em termos de sistema e controle de suas finanças. Clubes desorganizados são expostos quando não cumprem o básico.


Na segunda divisão, o quadro é ainda pior. Dos 20 clubes que disputaram a Série B na temporada passada, nada menos do que 12 não publicaram balanços em sites oficiais, como manda a legislação.


- Botafogo-SP

- Bragantino

- Brasil de Pelotas

- Coritiba

- CRB

- Cuiabá

- Figueirense

- Londrina

- Oeste

- Operário-PR

- São Bento

- Vitória


No caso específico do Red Bull Bragantino, o balanço está pronto e foi enviado à Federação Paulista de Futebol (FPF) para a publicação em seu site. Até a publicação desta reportagem, a entidade não havia colocado o documento no ar. O site do clube está em reconstrução.


FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Arte GE

TROPICAL FM 97.7 - 2020 - LESS.webmaster