TROPICAL FM 97.7 - 2019

Desenvolvido e Gerenciado por Eduardo Sant'Ana

1/2

Sem vencer há três jogos, Zé Ricardo tenta evitar sequência que derrubou Odair no Inter

Contratado até o final do ano com o objetivo de garantir o Inter na Libertadores, Zé Ricardo chega para a partida deste domingo contra o Fluminense, no Beira-Rio, em uma encruzilhada. Sem vencer há três jogos, o técnico irá para a beira do campo pressionado para não repetir a sequência que culminou com a demissão de seu antecessor, Odair Hellmann.

 

O treinador, apresentado no Beira-Rio no dia 22 de outubro, teve uma estreia alentadora, com vitória por 3 a 2 sobre o Bahia, fora de casa. Mas desde então o time não manteve o mesmo nível e caiu de produção. Nos três jogos seguintes, o Inter empatou com o Athletico (1 a 1) e perdeu para o Grêmio e Ceará (ambos por 2 a 0). O aproveitamento é de 33,33%.

 

Em caso de novo tropeço, o rendimento pode ser idêntico ao que derrubou Odair. 

 

Além da fase delicada, Zé Ricardo ainda tenta encontrar uma formação ideal. Após começar com uma linha de três meias atrás de Paolo Guerrero, retomou a formação com o tripé de volantes e dois jogadores com maior poder de criação. O treinador ainda não conseguiu repetir uma escalação desde que chegou – contra o Ceará, foram sete mudanças em relação ao time do Gre-Nal.

 

O sistema defensivo, antes a principal virtude do time, também apresenta uma queda de rendimento após a chegada de Zé Ricardo. Com Odair no comando, foram apenas 23 gols sofridos em 24 partidas, uma média de 0,95 por jogo. Já com o atual treinador o time foi vazado nas quatro partidas e levou sete gols, o que dá uma média de 1,75, quase o dobro do técnico anterior.

 

Essa conjunção de fatores explica a queda do Inter na tabela do Brasileirão. Se antes o Colorado era postulante ao G-4, hoje estaria fora da zona de classificação para a Libertadores. O time é o oitavo com 46 pontos. Se o cenário atual for mantido, precisará torcer para o Flamengo vencer a decisão do torneio continental contra o River Plate e abrir o G-8 no campeonato.

 

Mesmo que o cenário seja difícil, Zé Ricardo aposta na recuperação contra o Fluminense. Para isso, conta com um antigo trunfo, mas que não tem feito a diferença recentemente: o Beira-Rio. O Inter não vence há quatro jogos como mandante na competição.

 

Neste domingo, às 16h, o time busca reencontrar o caminho das vitórias contra o Fluminense, no Beira-Rio. A partida é válida pela 32ª rodada do Brasileirão.

Please reload

RESTAURANTE_GALPÃO.jpg